in

5 Razões para não ter um cachorro

A decisão de ter um cachorro precisa ser muito e muito bem pensada! Não estamos falando de algo que você vai ter hoje, e já não vai ter na semana que vem. Estamos falando de uma vida que vai durar por pelo menos 10 anos, vida essa que vai ser da sua inteira responsabilidade.

Atualmente no Brasil há cerca de 20 milhões de cachorros abandonados, no verão esse número chega a 70%, sabe por que? Porque as famílias resolvem viajar, e para não ter trabalho, decidem abandonar seus cães.

Pode parecer até bizarro tudo isso, né? Mas é o que realmente acontece! Por isso a decisão deve ser analisada com cautela, é mais ou menos como ter um filho! Se você não abandonaria um filho, com o pet a lógica deve ser a mesma.

Claro que ter um pet traz inúmeros benefícios, mas é importante também saber o que vai mudar na sua vida, essa é a melhor forma de tomar a decisão correta.

Por que não ter um cachorro?

1 – Esqueça viagens com tanta frequência

Depois que você tem um cachorro viajar se torna um hábito bem menos frequente, por exemplo, sabe aquelas viagens de 15 ou 30 dias? Possivelmente você vai as realizar em um final de semana.

Isso porque vai demandar todo um preparo da sua parte, por exemplo, com quem o pet vai ficar durante esse tempo? Atualmente há hotéis e até cuidadores certificados, isso com certeza facilita e muito a vida! Mas nada é de graça, por isso você precisa ter um planejamento financeiro para a sua viagem, e para o seu pet nesse período.

E claro, há sempre a possibilidade de os deixar na casa de pessoas próximas, mas há épocas que todos estão viajando, por exemplo! Sem contar que depender de outras pessoas é sempre algo ruim.

Também há a possibilidade de levar o pet com você! No caso de viagens no avião é preciso um grande planejamento de dinheiro, além de toda a parte burocrática envolvida.

Se for de carro ainda são necessários alguns cuidados, mas fica mais fácil, nesse caso vai precisar de um hotel que aceite cães, por exemplo.

O que queremos dizer com isso é que uma simples viagem não pode ser feita do dia pra noite mais, pois você vai ter alguém que depende de você.

2 – Gastos

E não podemos ser hipócritas e falar que um cão não gasta muito, porque gasta! Principalmente no início onde você precisa comprar tudo, fazer consultas iniciais e providenciar as primeiras vacinas.

Sem contar todos os imprevistos que podem acontecer de doenças, alergias, novas necessidades e afins! Ou seja, dificilmente você vai ter um gasto fixo por mês, esse gasto pode ir variando de acordo com as necessidades daquele mês que o pet teve.

Lembrando que o maior gasto mensal é com ração! E nessas horas não dá para economizar, o seu pet tem que comer o melhor para que o desenvolvimento saudável seja garantindo.

3 – Tempo para passear a brincar

Ao contrário do que muitas pessoas possam pensar, ter um cachorrinho não é simplesmente o colocar dentro de casa e quando chegar ser recebido com felicidade e rabinho abanando.

Ter um pet vai muito além, e é muito mais do que isso! Os cães são animais extremamente sociais, eles precisam passear todos os dias, e também brincar para gastar suas energias.

Isso é essencial para a saúde física e mental do pet, o tempo de passeio vai variar muito de acordo com cada raça, mas todos eles precisam! Por isso se você chega cansado do trabalho, só com vontade de ficar esticado no sofá, saiba que isso não vai ser possível!

Você vai ter que reservar pelo menos um tempo desse descanso para ir passear com o pet, e lhe dar uma atenção especial.

4 – Preocupação

Dizem por aí que cachorro é igual filho, a gente vive preocupado com eles! Por exemplo, quando saímos de casa pensamos em como eles estão, na viagem vamos sempre pensar como estão se saindo (mesmo se tiverem com pessoas de confiança). O tempo todo o seu pensamento vai ser relacionado ao bem estar do seu pet.

E não que isso seja necessariamente ruim, pois vai demonstrar seu amor e cuidado, mas você nunca vai ficar 100% em paz sabendo que alguém que você ama está sozinho ou longe de você, entende?

Além disso a preocupação é algo importante, ela vai fazer que você leve sempre o pet para fazer um check up, e que perceba qualquer sinal diferente dele para logo intervir.

5 – Paciência

E o seu estoque de paciência, como anda? Pois você vai precisar dele por aqui antes de ter um pet! Principalmente no começo, todo o processo de adaptação não é fácil, por isso se prepare para limpar xixi no meio da casa, para ter móveis destruídos, talvez noites de sono mal dormidas, entre tantas outras coisas.

E nesses momentos o estresse não vai ser a melhor saída, gritar e se estressar pode deixar seu cão com medo de você, ou reforçar o comportamento errado dele.

Em todas as situações a paciência vai ser a sua melhor aliada, você vai precisar mostrar para o pet o que é certo, o dar recompensas, entre outras coisas.

Mas claro, mesmo com tudo isso as recompensas existem! Mas não é somente pensando no lado bom que a sua escolha deve se pautar!

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Obesidade canina

Tudo que você deve saber sobre epilepsia em cães