in

Alergia de cães, o que fazer?

Ter alergias é considerado algo comum, presente em grande parte da população, as alergias são as mais diversas desde alimentos até a animais de estimação, por exemplo!

E se tem uma coisa que pode passar sempre na cabeça de quem ama animais, e os deseja incluir na rotina é em relação as alergias! ‘’e se eu começar a desenvolver alergia depois que adotar um cachorro, o que fazer?’’

Essas perguntas são comuns, e de fato deve ser uma preocupação! Mas não precisa se preocupar e achar que o final dessa história pode ser trágico, em nosso artigo de hoje você vai descobrir a melhor forma de lidar caso isso venha acontecer.

Para saber todos os detalhes confira.

1 – Evite tomar decisões precipitadas

Se você já tem histórico de alergias, ou algum membro da sua família o melhor a se fazer é evitar as decisões precipitadas! Mesmo querendo muito adotar vocês devem pensar bem, e esperar para ver se a alergia dá uma amenizada com o passar dos anos (sim, isso pode acontecer algumas vezes).

Agora, se você já tem um pet e começou a desenvolver ou piorar da alergia depois, essa dica também vale! Muitas pessoas pensam até mesmo em se desfazer do animal, principalmente ouvindo a médicos, já que a grande maioria deles aconselha que o pet não fique na residência.

Mas não se precipite, afinal, um cachorro não é algo descartável que você pode se desfazer assim. O ideal é procurar a opinião de outros profissionais! As decisões tomadas por impulso geralmente não dão certo, e mais tarde você pode se arrepender.

E claro, a primeira coisa que você deve fazer é ter certeza que o seu pet é o que te causa alergia, falamos isso, porque há muitos fatores que podem causar alergias, desde alimentos até poeiras, por exemplo! Por isso é válido se certificar.

Mas, se for confirmado que a sua alergia realmente vem do seu pet há medidas que podem ser tomadas para facilitar a convivência entre vocês. Mesmo depois de confirmado o ideal é você continuar seguindo a dica de não tomar decisões precipitadas, há várias formas de fazer você e seu pet estarem no mesmo teto mesmo assim.

Ações práticas para lidar com a alergia do animal de estimação

Como mencionamos, há diversas medidas que podem ser tomadas, e claro que nenhuma delas inclui se desfazer do pet, por exemplo! Entre essas ações temos:

  • Evitar que o pet entre no quarto de pessoas que tem alergia;
  • Se desfazer de tapes ou de outros objetos que podem causar o acumulo de pelos do animal;
  • Não permitir que o animal suba no sofá;
  • Não deixar cobertor, panos ou telas ao alcance do pet;
  • Não brinque com o animal de forma efusiva dentro da sua casa;
  • Lave bem as suas mãos sempre que tiver contato com o pet;
  • Utilize um purificador de ar.

Outras medidas que podem ajudar na alergia

Além de todas essas medidas temos também outras que podem contribuir para que a alergia seja atacada, mas essas ações não podem ser feitas pela pessoa que tem alergia (pois isso pode atacar ainda mais), ou seja, para fazer essas ações o ideal é você contar com ajuda de algum familiar ou amigo que não apresente problemas com alergia, ou ainda contratar uma pessoa.

Essas tarefas são:

  • Quem tem animais de estimação sabe, que tem épocas onde os pelos estão por toda a parte, isso é normal! mas a casa de uma pessoa que tem alergias deve ser limpa com mais detalhes e em uma frequência menor;
    O lugar onde o pet dorme deve ser higienizado com mais cuidado;
    Sabemos que dar banho e escovar os dentes do pet pelo menos uma vez por semana é algo essencial. Essas tarefas devem ser realizadas com shampoos adequados, e todo o material que atenda as necessidades do pet.
  • Além de todas essas dicas você sabia que há produtos para diminuir os alérgenos presentes na pele do seu animal? Também há produtos que não apresentam perigo para o animal e podem reduzir a sua alergia, esses produtos geralmente são usados no pet. A aplicação é feita na pele do animal uma vez por semana.
  • Esses produtos vão até mesmo reidratar a epiderme e manter o bom estado da pele do animal! Se você tiver alguma dúvida sobre o produto o ideal é consultar o veterinário.

Informações sobre alergia a animais domésticos

Quando se fala em ter alergias de animais de estimação a primeira coisa que passa na cabeça das pessoas é em relação aos pelos, sempre associando que os pelos é o grande causador da alergia.

Mas isso não é verdade! Algumas pessoas são alérgicas a algumas proteínas que estão presentes nos pets, como por exemplo, na caspa que cai quando a pele está descamando, na saliva do animal e na urina! A questão é que tudo isso costuma se acumular mais facilmente no pelo do animal, por exemplo.

E se você já possui asma, com certeza tem uma maior pré – disposição a ser alérgico a animais de estimação. Em todos os casos somente um especialista vai poder te dar maiores detalhes em relação a sua alergia.

Mas como podemos ver é totalmente possível continuar com o seu pet mesmo assim seguindo as dicas dadas em nosso artigo de hoje! E se você gostou da informação continue em nossa página e confira muito mais.

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Hotéis para cães como funciona?

raças de cachorros

Filhotes: cuidados necessários para os primeiros dias