Home Comportamento Cães e gatos juntos

Cães e gatos juntos

104
0

Com certeza você já ouviu falar por aí que os cães e os gatos são inimigos naturais, né? E quem já tem esses dois animais em casa sabe que isso não passa de um grande mito!

É totalmente viável um gato e um cachorro serem amigos, mas é claro, é preciso um empurrãozinho para que eles sejam companheiros para todas as horas.

Você pode estar se perguntando agora ‘’se eles não são inimigos naturais porque fica tão difícil acostumar esses dois juntos?’’

Isso pode ser explicado porque ambos são bem apegados ao seu cantinho, e ao seu território! E um novo animal na casa vai gerar uma grande disputa, não tem jeito! Também estamos falando de animais com personalidade um tanto quanto diferentes. Os cachorros, por exemplo, são bem apegados, enquanto os gatos mostram um maior sinal de independência.

A verdade é que aproximar esses dois animais logo de cara pode não ser algo muito tranquilo, mas com o tempo tudo vai se acalmando e as coisas vão se tornando cada vez mais possíveis!

Pensando nisso o artigo de hoje resolveu trazer dicas de como com um cão e um gato podem conviver juntos! Confira.

Como acostumar os dois em brincadeiras

A primeira coisa que você deve saber para acostumar os cães e os gatos juntos na sua casa é levar em conta a idade que os animais tem! isso porque os filhotes e os adultos vão se adaptar de uma maneira totalmente diferente quando o assunto é a disputa de território.

A técnica básica de adestramento para esses casos é a associação positiva, por exemplo, sempre que você apresentar cães e gatos, sejam filhotes ou adultos, você deve associar a interação a coisas boas, como por exemplo, petiscos, carinhos, brinquedos, e claro, dar a devida atenção para os dois.

Dessa forma eles vão se sentir da mesma forma especial, e vão ter ótimas lembranças desse novo amigo!

Uma forma bem legal para você tentar promover a aproximação de ambos é utilizando recursos de brincadeiras para que os dois interajam juntos! Aqui temos um momento sempre prazeroso para nós, e também para eles.

Nesse caso o ideal é criar atividades que vão proporcionar diversão para todos! Você vai ver que os pets vão brincar juntos de uma forma natural, nesse momento eles vão esquecer qualquer outra coisa e focar na diversão.

Passeio e brinquedos para pets

Os brinquedos são objetos que fazem o maior sucesso tanto para os cães como para os gatos! E mesmo com gostos diferentes a curiosidade é um ponto super em comum do cachorro e do gato, por isso juntos eles podem descobrir como funciona o novo brinquedo.

Ir para lugares diferentes para proporcionar brincadeiras também pode dar bem certo, como por exemplo, parques! Esse passeio deve acontecer em um segundo momento e não logo de cara, principalmente porque os gatos não costumam se sentir seguros em ambientes desconhecidos.

Quando for fazer alguma atividade você deve sempre observar bastante o gato, se perceber que o seu comportamento está inseguro talvez o melhor é o levar pra casa e tentar a socialização em um outro dia.

Isso porque para que os animais se tornem amigos é preciso que ambos se sintam seguros e também felizes, eles precisam sentir que o outro não vai tirar o seu amor.

Adotando um filhote de cão e gato

Se você resolveu fazer a adoção dos dois juntos tudo vai ser muito mais fácil! A apresentação vai ser algo mais fácil, ambos vão estar conhecendo o ambiente e o outro ao mesmo tempo, dessa forma eles vão crescer e aprender juntos, sempre se vendo como irmãos.

E nesse caso você nem vai precisar se preocupar com eles se machucando, pois os filhotes vão ter suas próprias brincadeiras e vão aprender juntos como se respeitar e se defender, buscando uma forma de encontrar limite juntos. A supervisão de início pode ser importante nas primeiras interações, mas o ideal é deixar que eles consigam construir as suas próprias relações.

Mas não se esqueça, a responsabilidade nesse caso é dobrada! E essa introdução a casa deve ser feita com muito cuidado, disciplina e atenção.

Já tenho um gato e agora vou levar um cachorro para casa

Os gatos são naturalmente mais independentes e menos interativos do que os pets! Dessa forma podem não reagir muito bem a um novo amigo, tudo isso vai depender da personalidade do gato, que pode ser mais reservado ou mesmo brincalhão.

Uma coisa que sempre acontece é todo gato prezar pelo seu espaço, e por conta disso a apresentação ao novo cão deve ser feita de uma forma calma! Uma das coisas que deve ser feita é checar se a unha de ambos estão aparadas, dessa forma você vai evitar que eles se machuquem em conflitos.

O ideal é deixar que o gato sinta o controle da situação dando um ‘’oi’’para o cachorro quando quiser!

Já tenho um cachorro agora vou levar um gato pra casa

A primeira coisa que você deve considerar é a personalidade do seu gato, se ele for agressivo ou ciumento você deve repensar sobre a decisão ou contratar um adestrador para garantir o limite do cãozinho.

O grande truque é garantir que o pet continue recebendo a mesma atenção e o carinho de sempre! Dessa forma você deve evitar o repreender durante o momento de apresentação de ambos, para que aconteça uma associação positiva.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.