in , ,

Calendário de vacinas para o seu filhote: fique por dentro

Quando adotamos um cachorro filhote, é necessário entender que os cuidados vão além de dar uma excelente comida e levá-lo para passear. Para que o animal cresça saudável e com o máximo de qualidade de vida possível, é preciso cuidar da sua saúde desde filhote.

cachorros

Uma forma de cuidar é através das vacinas que são dadas no início da vida do animal, elas irão prevenir que ele contraia alguma doença ou até mesmo podem salvar sua vida, diminuindo os sintomas de alguma que venha a contrair.

Se você está com um novo membro canino na família e tem dúvidas a respeito das vacinas que ele precisa tomar, fique tranquilo, neste post você irá sanar todas as dúvidas e ter segurança para cuidar do seu cachorro com qualidade e com a atenção esperada.

Entenda quando é o momento de vacinar o seu cachorro

 O primeiro passo é entender que o veterinário que trata do cachorro irá analisar o caso dele e as suas necessidades. Porém, independentemente do caso, existem algumas vacinas que são obrigatórias, como é o caso das vacinas múltiplas que são conhecidas como V8 e V10 e a anti-rábica.

Caso você tenha pegado o cachorro em algum local onde não sabe se ele já tomou as vacinas ou se tomou na época correta, é necessário aplicar três doses das vacinas múltiplas com um intervalo de 21 dias entre elas e também uma dose da vacina anti-rábica.

Também, é importante ressaltar que filhotes com menos de 45 dias de vida não devem ser vacinados. Em casos em que são vacinados antes desse período é pelo fato de a mãe do animal não ter sido vacinada, então corre o risco de transmitir anticorpos da mãe para a cria.

cachorros

A diferença entre as vacinas e para que elas servem

 A vacina v8 protege contra diversas doenças como: cinomose, hepatite infecciosa canina, adenovirose, coronavirose, parainfluenza canina, parvovirose e leptospirose canina.

Entre as vacinas V8, V10 e V11, não existe nenhuma melhor entre elas, todas são eficientes. A grande diferença entre da vacina V10 e a V11 é que elas incluem sorovares da bactéria leptospira.

Algumas pessoas acreditam que isso é algo bom para o animal, mas, muitas vezes, não chega a fazer diferença, pois tudo isso depende da região em que o animal vive.

Existem mais de 200 tipos de leptospirose e essas vacinas contam com a proteção de acordo com a região onde ela é aplicada. Muitas vezes, a V10 e a V11 protegem contra alguns tipos que não estão presentes no Brasil.

Também existe a vacina contra giárdia que grande parte dos veterinários indicam fazer a aplicação, pois ela ajuda a diminuir os efeitos colaterais da doença, porém, não deixa o animal livre de tê-la.

Outra vacina que também é muito recomendada pelos veterinários é a contra raiva que é dada a partir da 16ª semana de vida.

Além dessas mencionadas aqui, existem muitas outras que o veterinário do animal poderá indicar, caso ele ache necessário. A melhor forma de prevenir a saúde do seu cachorro e mantê-lo sempre seguro é não deixar passar essas datas e, caso passe, não deixar de dar as vacinas.

Ter um calendário de vacinas completo e bem estruturado poderá garantir uma vida longa e com qualidade para o seu cachorro.

Veja também como a alimentação do seu filhote faz parte do desenvolvimento

Para saber muito mais sobre cachorros, continue no nosso portal e confira todas as nossas dicas.

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Tudo sobre ansiedade de separação

raças de cachorros

Saiba como lidar com as raças de grande porte