in

Cirneco do Etna

A raça surgiu na Itália e não foi submetida à manipulação humana, tendo se desenvolvido naturalmente na região da Sicília. Ela viveu nas vertentes do Monte Etna, uma região vulcânica da ilha, onde era utilizado para a caça de pequenos animais. Era notável a capacidade de resistir ao calor e trabalhar longas horas sem comer. O terreno acidentado e abundante em rocha vulcânica não dificultava a marcha desse caçador. Também ganhou a fama de ser um cão de guarda notável, capaz de identificar, quase que divinamente,a presença de ladrões nos templos. Segundo reza a lenda, um deles,o Templo de Adros, cuja construção foi ordenada por Dionísio,foi rodeado com uma centena desses cães. É do tipo primitivo, de forma delgada e elegante, não atarracado, robusto e resistente. De conformação morfológica ligeiramente longilínea e clara construção. Seu corpo se encaixa em um quadrado. A pele é fina. Com alta necessidade de exercícios e de atividade, a espécie pode viver em uma área de criação pequena. Sua pelagem é curta na cabeça, nas orelhas e nos membros; semi longa, lisa e assentada sobre o restante do corpo, inclusive na cauda. Possui os pelos retos e rígidos, como os de cavalos, sendo necessária a escovação regular. Possui forte temperamento de caça, mas é, ao mesmo tempo, gentil e afetuoso.

 

PORTE: machos, de 46 a 52 cm; fêmeas, de 42 a 50 cm

PESO: machos, de 10 a 12 kg; fêmeas, de 8 a 10 kg

TAMANHO: médio

LONGEVIDADE: de 12 a 14 anos

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comments

0 comments

Cão de Canaã

Chow Chow