Home Alimentação e Nutrição Como fazer alimentação natural para o seu cachorro?

Como fazer alimentação natural para o seu cachorro?

132
0

A alimentação de um cachorro é uma tarefa muito importante, afinal, ela tem um papel essencial para o bom desenvolvimento do cachorrinho, além de auxiliar na prevenção de doenças, como a obesidade, por exemplo.

O que acontece é que cada vez mais os donos estão investindo em alimentação natural para os seus cachorros, isso acontece basicamente por dois motivos, muitos donos não confiam em todo o processo que a ração é feita, e acreditam que com isso seus cachorros estão perdendo nutrientes importantes para o desenvolvimento.

E o segundo motivo é que há cachorros que não se adaptam a ração, por exemplo, adquirindo alergias ou mesmo irritações no estômago, e pensando nisso os donos também resolvem adotar a alimentação natural.

Muita gente pode se assustar de início ao saber que o cachorro consome comida ao invés de ração, isso acontece porque sempre somos orientados a não dar comida para os cachorros.

A verdade é que a orientação é para não dar comidas processadas, e que tenham a interferência de temperos, por exemplo, isso sim pode fazer (muito) mal para a o cachorro, mas comida de verdade, e natural não tem problema.

Por mais que seja doméstico não podemos esquecer que o cachorro é um animal, sendo assim, tudo que pode ser encontrado na natureza é válido para fazer a dieta do seu cachorro.

Se você observar o rótulo de algumas rações vai perceber alimentos geneticamente modificados, adição de corantes, restos de animais, entre outras coisas que podem causar alergias ou mesmo problemas de saúde para o cachorro.

Por isso, a comida de verdade pode dar bem mais nutrientes que fazem bem para a saúde e para o desenvolvimento saudável do cachorro.

Porém, muitas pessoas ainda ficam com receio com medo de ser muito trabalhoso fazer comida para os cachorros, já que a ração é algo simples e fácil que vem pronto. E como a comida do cachorro não pode ser a mesma que a sua, com certeza você vai precisar de um tempo a mais para fazer toda essa preparação.

O que você pode fazer é cozinhar, por exemplo, arroz, carnes e legumes (tudo de forma natural sem adição de nada, nem mesmo alho e cebola) e colocar em potes para a semana, assim você vai congelando e descongelando conforme o seu cachorro vá precisando.

Essa é a melhor alternativa para quem tem uma vida mais corrida, mas se você puder, por exemplo fazer comida para o seu cachorro todo dia, claro que vai ser muito mais saboroso para ele.

Além dos alimentos que citamos acima, os cães também podem comer frutas a parte, como se fossem lanchinhos para matar a fome durante o dia.

Outra dúvida que muitas pessoas possuem é em como descongelar essa comida, no caso você pode colocar em uma panela, e adicionar 1 xícara de água filtrada com alguns fiozinhos de azeite, e depois sirva a comida em um estado morno ou frio.

Quanto ao custo você pode estar economizando mais do que comprando ração, por exemplo, isso vai depender dos alimentos que você escolher para oferecer ao cachorro e também a região que você mora.

Antes de começar a introduzir a comida para o cachorro é legal conversar com um veterinário, de preferência um que entenda sobre a alimentação natural para os cães, ele é o melhor profissional que pode te orientar a dar os alimentos certos para o seu cachorrinho! Ele vai priorizar todas as necessidades nutricionais que o cachorro precisa.

Se mesmo depois dessa explicação e dessas dicas você ainda fico meio confuso sobre a alimentação natural, vamos introduzir um exemplo de cardápio para você, olha só.

Exemplo de cardápio natural para cachorros

Prato 1: Carne bovina, arroz sem tempero, batata doce, aveia, cenoura, berinjela, alecrim, chuchu e linhaça. Lembrando que você deve pesar um total de 150 gramas nesse prato (contando todos os alimentos).

A grande vantagem deste prato é que ele possui todos os ingredientes que o seu pet precisa para o desenvolvimento saudável, além disso é bem gostoso, com certeza você vai proporcionar uma alimentação bem saborosa para o seu cachorro.

Prato 2: Frango, arroz integral, chuchu, vagem, gergelim preto, abobrinha e orégano! Lembrando que a quantidade de 150 gramas no total deve ser respeitada.

Como podemos ver o prato apresenta uma carne diferenciada do outro, mas continua proporcionando todos os ingredientes de verduras e legumes que o seu pet necessita!

Nem todos os alimentos dessa combinação são fáceis de encontrar, mas como você pode notar você vai utilizar um pouquinho de cada, dessa forma pode ser um investimento que dure bastante para muitas refeições.

Prato 3: Ovos, arroz sem tempero, ervilhas frescas, grão de bico, salsa, aveia, brócolis, batata doce, cenoura e abobrinha.

Aqui temos uma opção que pode ser considerada vegetariana, isso porque não possui carne em sua composição, ideal para sair um pouco da rotina! lembrando que refeições vegetarianas podem sim ser ofertadas ao cachorro, desde que compense com outros nutrientes, como foi o caso desse prato.

Porém não é legal que seja uma coisa rotineira!

Lembrando que há locais que já vendem todas essas refeições prontas e congeladas, mas claro, o preço sempre vai ser superior do que fazer em casa.

A vantagem de fazer em casa é que você também pode entrar na onda e adotar uma alimentação mais saudável, o que acha?

E se você gostou das nossas dicas de hoje continue em nossa página e confira muito mais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.