in

Como superar a morte de um cachorro?

3O cachorro deixou de ser muito tempo um simples animal de estimação que vive no quintal para verdadeiramente fazer parte da nossa casa e da nossa família.

E do mesmo modo que ele causa muitas alegrias e ótimos momentos, quando eles se vão acontece uma tristeza profunda, um sentimento de luto dentro de nós!

Isso é errado? De forma alguma! O animal não deixa de ser um ser vivo que faz parte da nossa sua vida e também da sua rotina, é completamente normal se deparar com uma situação de luto quando isso acontece.

Mas não tem pra onde fugir, assim como nós, os animais também são finitos! O importante é encontrar os melhores recursos para sair dessa situação.

É importante ressaltar que nem sempre vai ter uma tarefa fácil, não ache que o desapego vai ser do dia para noite! Inclusive diversos profissionais não veem diferença entre o luto de uma pessoa amada e o luto de um animal querido, por isso todo esse processo pode ser exatamente o mesmo.

E todo processo de luto envolve angústias, pensamentos e sentimentos permanentes, e podem acontecer em um curto ou em um longo espaço de tempo! O luto é justamente uma reação emocional do corpo, e saiba que é saudável, o que não é saudável nesses casos é segurar o sofrimento, pois pode ter consequências piores lá para frente.

Por isso não se assuste se você sentir – se verdadeiramente em luto como se tivesse perdido um ente querido! Isso acontece pois a morte faz romper um vínculo importante.

O mais complicado dentro de todo esse processo é que quando perdemos alguém próximo todas as pessoas de nossa rede social nos dão apoio, e esse apoio facilita muito em todo o processo de luto.

Já quando acontece a perda do animal muitas pessoas não acreditam que seja um luto legítimo, e isso pode fazer com que a pessoa que está sofrendo fique ainda mais dentro de uma situação estressante e intensa.

Por isso frases como ‘’era só um cachorro’’ em hipótese nenhuma podem ser utilizadas. isso mostra um não reconhecimento do luto do outro, o que é uma falta de empatia! Muitas pessoas ainda enxergam a morte de um animal como um evento de pouca importância, e tudo bem, só não podem querer generalizar e querer que todas as pessoas considerem também um evento sem a menor importância.

Por frases como essas as pessoas podem sofrer ainda mais, pois vivem um luto social não autorizado, com medo do julgamento das outras pessoa. E mais do que isso, podem viver também um luto intrapsíquico não autorizado, acreditando que mediante as normas sociais um cachorro não merece o seu sofrimento. O luto vivenciado por crianças pela morte de um pet parece ser mais aceito socialmente.

Uma das coisas que devemos fazer é dar suporte também para os adultos e não tratar o acontecimento como besteira! E se você for o adulto que está passando um luto por um animal não tenha vergonha de sentir, chorar ou até mesmo procurar ajuda profissional. Isso pode ser mais comum do que você imagina, mas nem sempre as pessoas externalizam.

Por isso, se sinta na autorização de vivenciar todo o processo de luto e leve o tempo que for necessário para tirar as coisas do seu cãozinho de casa, adotar outro cachorro, ou até mesmo ver até mesmo fotos e vídeos.

O que não é saudável é parar sua vida e entrar em um estado patológico por uma perda! Mas isso não é saudável nem mesmo por humanos, por isso preste atenção ao sinais!

O assunto é bem importante embora pouco falado! E se você gostou do nosso artigo de hoje continue em nosso site e confira muito mais.

What do you think?

-1 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comments

0 comments

As raças mais afetuosas e carinhosas

As raças de cães mais exóticas do mundo