in ,

Cuidados com cães idosos

O tempo chega para todos nós, inclusive para os nossos amados cãozinhos! E da mesma forma que a idade adulta pode trazer algumas complicações em nossa vida, com eles acontece a mesma coisa.

Por isso você deve estar preparado para ter uma série de cuidados especiais, lembrando que a idade pode levar aos poucos a energia e a vitalidade deles. E em contrapartida trazer alguns problemas ‘’normais’’ para a idade mas que podem trazer sofrimento para a casa inteira.

Quando um cão é idoso ele precisa ainda mais de cuidados especiais e da nossa atenção e carinho! Que tal retribuir tudo que esse ser tão especial já fez por você?

Entre esses cuidados especiais temos até mesmo a visita no geriatra! Isso mesmo, existem profissionais dentro da veterinária que se especializaram em cuidar de cães velhinhos, isso tudo é super positivo, pois só faz que a expectativa de vida dos animais melhore mais ainda.

Por exemplo, até alguns anos atrás quando um cão atingia a marca de 6 anos eram considerados bem idosos, hoje já avanços muito com todo o tratamento preventivo feito com vacinas, e também com uma alta tecnologia em alimentação, que permite um maior absorção dos nutrientes e vitaminas, e por conta de tudo isso não é difícil encontrarmos por aí cães que ultrapassaram uma década!!

Além de energia que pode decair bastante, outra coisa que pode mudar com a idade é a ida ao veterinário! Enquanto um cachorro mais jovem deve passar por um check up anual, os cães mais velhos devem visitar o veterinário a cada 6 meses, nessas consultas são feitos exames de rotina para avaliar todas as partes do nosso animalzinho, e garantir que tudo anda bem.

Há alguns problemas mais frequentes em cães idosos, que se diagnosticados logo cedo podem não avançar tão drasticamente, entre esses problemas estão:

 

Alterações cardíacas: É bem comum que os cachorros em idade avançada apresentem problemas no coração, para evitar isso, desde cedo dê uma vida bem ativa para os eu cachorrinho! Uma vida cheia de passeios e de atividade pode ser essencial para a saúde cardíaca do seu cão!

 

E mesmo que você tenha tomado esses cuidados é sempre bom prestar atenção em sinais como tosse e respiração ofegante, que podem ser sinais que algo não anda bem no coração.

 

Problemas ortopédicos: Os problemas ortopédicos na idade avançada são mais comuns em algumas raças, como é o caso das raças de grande porte, como labrador e rottweiler. O quadro tem que ser acompanhando de perto por um profissional, e algumas adaptações até mesmo em sua casa podem ser necessárias! Lembrando ainda que o caso pode se agravar, fazendo com que o tempo o animalzinho tenha imensa dificuldade em se levantar e se locomover.

 

Insuficiência renal: A insuficiência renal é outra doença bem comum com a idade avançada, mas também pode estar mais presente em algumas raças, como por exemplo as de porte pequeno, como o poodle e o Cocker! Com o passar dos anos os rins deixam de fazer suas funções da forma que deveriam, e isso acaba eliminando alguns nutrientes que são essenciais. Os sinais de alerta é quando o animal emagrece rápido, bebe muita água e faz xixi a todo momento.

 

Disfunção cognitiva: Os cães quando chegam a uma idade mais avançada podem sofrer degeneração bem parecidas com a doença de Alzheimer, e isso pode os deixar mais lentos e distantes, mas a boa notícia que se diagnosticado rápido com treinamento suas funções podem ir voltando aos poucos.

 

E se você gostou do nosso artigo de hoje continue em nossa página para conferir muito mais.

What do you think?

1 point
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Creche para cachorros

As doenças mais comuns em cada raça de cachorro