in , ,

Cuidados que deve ter com Pugs

Se você deseja um cachorro de tamanho pequeno para médio, dócil, e que pode ser um aliem em de MIB você com certeza você já considerou ter um Pug. Eles são em geral astutos, sociáveis, brincalhões, atentos, porém um pouco teimosos e travessos quando não temos muita atenção. São de origem chinesa e tem cerca de 7 quilos, pode possuir a pelagem, preta , abricó-castanha e prateada, as fêmeas são um pouco maiores que os machos. Eles vivem em média de 14 anos se bem cuidados.

Devemos lembrar primeiramente que cada cachorro, assim como nós humanos, tem seus próprios traços emocionais, e assim como as pessoas muda com o tempo. Fatores, como nível de atenção e maneira que foram criados e adestrados influenciam muito em como será a personalidade de seu cachorro.

  • Os cãezinhos pequenos são famosos por serem “estressadinhos” e o pug não é uma exceção.  Embora não seja tão barulhento como algumas outras raças, os pugs latem. Então se você mora num prédio movimentado , e seu cãozinho resolve latir toda vez que ouve um barulho seus vizinhos podem vir lhe responsabilizar pelos talentos vocais do cão.

 

  • Eles são sensíveis, então quando ele fizer algo que te desagrade, e você gritar com ele , ele vai buscar fazer isso de maneira escondida, para não perder essa oportunidade. Ao educar um pug, seja calmo e suave, para que ele entenda que o faz é errado.Eles são também bem teimosos, é preciso paciência para que ele aprendam o correto. Se você não conseguir ser calmo e consistente em seu temperamento, talvez o pug não seja o cachorro certo para você.

 

  • Pugs são carentes, e precisam ser acariciados e mantidos por perto com mais frequência que outras raças. Quando “negligenciados por períodos relativamente longos” eles tentam chamar sua atenção, com latidos e golpeando você com as patas, o que pode vir a te machucar. A reação natural então é ignorar ainda mais o cão, o que faz ficar ainda mais sedento por atenção até se tornar insuportável para você e sua família. Se vai realmente ter um, é esperado que você não se importe com a presença de seu cãozinho ao seu lado o tempo todo.
  • Eles são do tipo que lambem, e se não for desencorajado desde filhote, vai te lamber sempre que tiver a chance como forma de demonstração de carinho. Algumas pessoas não são tão abertas a isso, então procure deixar claro ao criar seu cão, pois do contrário pode se preparar para boas lambidas no rosto durante a soneca. É preciso também saber que ele vai te seguir por todos cantos da casa, então é bom se acostumar com sua presença.

 

  • Costumamos criar opiniões vendo os outros. Talvez seu cachorro não venha a fazer os mesmos truques ou ser tão obediente que aquele que seu colega tem ou aquele que você viu no youtube, mas como já foi dito cada cachorro tem sua própria personalidade, e cada um foi criado de maneira diferente.  Lembre-se que deve haver uma ligação entre você e seu pet, então não fique desapontado por ele não fazer determinadas coisas. Dito isso saiba que eles aprendem truques e comandos facilmente por serem , em geral bem obedientes.

 

  • O pug é sim um bom cachorro para pequenos ambientes, mas lembre-se que não é por isso que ele não precisa se exercitar física e mentalmente. Entretanto lembre-se que ele não é uma raça de cachorro que corre, seu corpo pode superaquecer facilmente, então procure leva-lo para passeios moderados, nada de maratonas com seu bichinho. No verão mantenha o ambiente sempre fresco e arejado, pois ele pode apresentar dificuldades de respiração.

 

  • Os donos de pug costumam ser exibicionistas com os truques de seu cachorro, então se lembre de dar um pouco de espaço e liberdade de escolha para seu cão, não adianta ficar decepcionado se quando você tentar os truques que vem lhe ensinando para seus amigos ele virar de costas e sair andando.

 

  • Como já foi dito anteriormente ele pode ser bem estressadinho, então tome cuidado quando passear com ele por perto de cachorros maiores, ele pode querer arrumar confusão e é claro na maioria das vezes acaba se dando bem mal. Esteja sempre por perto para caso ele se envolva em confusões.

 

  • Eles não são tão preguiçosos e morosos quanto parece. Não se engane achando que após retornar de um longo dia de trabalho seu animalzinho vai sentar-se ao seu lado enquanto você toma algo e senta no sofá para navegar no celular. Ele é um cão que, apesar de mais parado que os outros cachorros em geral, vão tentar fazer que você tenha alguma pró-atividade às vezes e o ponha para brincar.

 

  • Ele é um cão bem guloso então, certifique-se de manter sua alimentação balanceada porque pugs têm a tendência de serem obesos, o que, apesar de deixa-los fofos pode acarretar em doenças como a diabetes.

 

  • Ele ronca bastante devido ao seu focinho achatado, então não se preocupe é apenas uma característica da raça e você acaba se acostumando. Evite deixa-los em lugares muito quentes no verão como já foi dito anteriormente, pois eles podem ter muita dificuldade para respirar.

 

  • Ele solta muitos pelos e podem ter algumas complicações na pele devido a suas “dobrinhas”. Se você é alérgico a pelos talvez não seja uma boa ideia ter um pug ao contrário do que pensam. Busque não dar banhos tão frequentes, mas mantenha uma boa higiene do seu cão, e não terá com que se preocupar. Escovar os pelos ajuda a não encontra-los em lugares indesejáveis.

 

  • Lembre-se sempre de analisar tudo que é possível ao se ter um animal de estimação, eles exigem atenção, cuidados e dinheiro. Nunca abandone seu companheiro, certifique-se de ter tudo que é necessário antes de ter um e terá um amigo para todas as horas que vai sempre te receber feliz e te fazer esquecer-se de todos os problemas que o mundo nos traz.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comments

0 comments

Chegou meu Filhotinho e agora?

Correndo com seu cão: Dicas para fazer dar certo!