in ,

Dicas de alimentação para cães

Para que o nosso pet cresça e se desenvolva de forma saudável precisamos
cuidar de diversos aspectos, entre eles a alimentação.
Assim como para nós, os cães também precisam de uma dieta equilibrada
em quantidade e também em nutrientes. E para saber algumas dicas sobre
alimentação para cães você deve conferir o nosso artigo de hoje.

Dica 1: Dar a comida certa

A primeira dica parece óbvia, mas ainda é necessária. Cães devem comer
comidas para cães, não para gatos ou para humanos, por exemplo.
É bem comum pessoas darem restos de alimentos para seus pets, mas isso
faz mal para a saúde deles, especialistas alertam que nem sempre é a
comida em si, mas o tempero que usamos! Comidas enlatadas ou
industrializadas então, nem passar! Os cães podem comer algo vindo
diretamente da natureza, como frutas, por exemplo.
Lembre – se que o animalzinho tem um sistema digestório completamente
diferente do nosso! E para não errar o ideal é que você sempre opte por
comida de cachorro.
Atualmente o mercado dá diversas possibilidades de ração! É sempre bom
pedir indicações para o veterinário!

Dica 2: Qualidade

E agora que você já sabe que a ração é o alimento ideal para os pets deve
escolher uma de qualidade, e isso pode significar um maior preço! Isso
porque alimentos de qualidade vão receber matérias primas e tratamento
mais qualificados.
Parece besteira mas rações com boa qualidade tem uma elevada
digestibilidade, o que resulta em mais nutrientes a cada dose. Isso faz com
que o alimento também seja mais apetitoso para o seu pet.
Por isso nosso fiel companheiro merece um maior investimento nessa parte!
Saiba sempre sobre a qualidade do produto que está comprando.

Dica 3: Tamanho do cachorro

Sim, os cães também deve comer de acordo com o seu porte! isso além de
significar quantidade, pode significar também nutrientes diferentes.

Os cães considerados miniaturas pesam até 4 kg, os pequenos ou minis
pesam até 10 kg, os médios pesam de 11 a 25 kg, os grandes de 26 até 44
kg e os considerados gigantes superam os 45 kg. Todos esses pesos são
considerados quando o cão já atinge a idade adulta.

Dica 4: Raça do cachorro

Sim, na hora de escolher a melhor ração além do tamanho a raça também
deve ser levada em consideração. Algumas raças podem apresentar certas
particularidades, temos como exemplo os bulldogs.
E por cada raça poder apresentar sua particularidade que voltamos a reforçar
a dica de conversar com o veterinário sobre indicação de rações, e também
dar uma olhada nessa seção em algum pet shop, para conhecer melhor
todas as opções do mercado.

Dica 5: Idade do cachorro

Outra dica para não errar é ter em mente a idade do seu cachorro, assim
como nós, eles precisam de diferentes nutrientes e diferentes quantidades
conforme a fase de crescimento.
Quando atingem 2 meses de idade os pets precisam de alimentos formulados
para eles, até que fiquem adultos. Os únicos que não entram nessa regra são
os cães considerados ‘’gigantes’’, que conseguem ter duas infâncias.

Dica 6: Respeite a dose recomendada

E depois de descobrir a dose recomendada é muito importante a respeitar,
não colocar menos mas também não colocar mais! Não pense que é
pouco ou que o seu cachorro vai ficar com fome, pode ter certeza que
ele mesmo vai se adaptando com a dose.
Além disso a dose diária deve se adaptar no quanto o cachorro se movimento
durante o dia! Tudo isso para evitar obesidade e outros problemas de saúde!

E se você gostou do nosso artigo de hoje continue em nossa página e confira
muito mais.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comments

0 comments

Dicas adestramento

Afinal, os cachorros sentem ciúmes?