Home Alimentação e Nutrição Dieta Barf

Dieta Barf

77
0

A alimentação é muito importante para o nosso desenvolvimento saudável, ela consegue prevenir doenças, e proporcionar uma série de benefícios, isso quando os alimentos consumidos são os corretos.

Quando a alimentação é errada e falta nutrientes e proteínas, temos a desvantagem de ter diversos problemas associados à má alimentação! e com os cachorros funciona da mesma forma.

E é por isso que a alimentação do nosso cachorro deve ser pensada e bem equilibrada! Quando pensamos em alimento de cachorro a palavra “razão” vem logo a nossa cabeça, mas há diversas outras alternativas.

Por isso em nosso artigo de hoje você vai conhecer sobre a dieta Barf, seus benefícios, e também comparar essa dieta com a ração convencional. Confira.

O que é dieta barf?

A Dieta BARF ganhou esse nome para a abreviação do inglês de Biologically Appropriate Raw Food, que se formos traduzir fica mais ou menos como “alimentos crus biologicamente adequados” uma nova tendência de alimentação para cachorro.

Quem inventou essa dieta teve como princípio que os cães são animais, e por isso devem se adaptar de tudo que vem da natureza, por isso seu organismo está preparado para comer carne e também osso cru, pois se não fosse um animal doméstico essa poderia ser uma das suas formas de alimentação.

A dieta BARF pretende chegar o mais perto próximo dessa alimentação natural, e até mesmo selvagem.

A dieta se tornou tendência porque cada vez mais os donos estão procurando uma alimentação de qualidade para os seus cachorros, essa alimentação seria a mais adequada, pois rações podem possuir aditivos, conservantes, ou mesmo alimentos em forma processada.

Lembrando que a dieta não vai levar nenhum tipo de corante ou conservante, tudo isso para trazer benefícios para a saúde do nosso cachorro.

Se você deseja introduzir a dieta para o seu cão é muito simples, você vai precisar apenas de carne, ossos, frutas e vegetais, tudo em um estado não cozido, como o cão acharia na natureza!

Há algumas receitas na internet, ou mesmo livros que trazem mais informações sobre a dieta de alimentos crus.

A dieta caseira visa garantir que estamos fornecendo diariamente para o nosso cachorro uma alimentação equilibrada, o que nem sempre é uma tarefa fácil.

Por isso é normal que muitos donos ainda tenham receio de adotar a dieta BARF, e preferem continuar com a ração!

Para ajudar melhor na decisão vamos trazer os prós e os contras que os dois tipos de alimentos podem trazer, confira.

Dieta BARF ou ração?

Não existe a melhor ou a pior opção, pois ambas devem ser pensadas e estudadas pelo dono! E tudo vai depender também de como o animal se adapta, por vezes fazemos planos de introduzir isso ou aquilo na dieta do nosso cachorro, mas no final ele não consegue se adaptar e temos que retirar esse alimento.

E não é porque o cachorro do vizinho se adaptou com tal ração que o seu cachorro também deve se adaptar, devemos sempre lembrar que cada animal é único!

Além de conhecer os prós e os contras, e estudar cada uma da opções, o ideal é procurar um especialista, ele pode tirar suas maiores dúvidas, e sempre vai garantir o bem estar do seu cachorro.

Vantagens da dieta BARF

  • Pele e o pelo do cachorro fica muito mais saudável e brilhante;
  • Os dentes dos cachorros ficam mais limpos;
  • Os níveis de energia para brincar e praticar exercícios ficam maiores;
  • A digestão é melhor, e isso vai produzir menos fezes;
  • Ausência de produtos industrializados e químicos, que pode reduzir as chances de alergias alimentares;
  • Mais atrativa e saborosa para o animal;
  • Aumenta as capacidades do sistema imunológico;
  • Você sabe exatamente o que está dando para o seu cachorro, afinal, você é o responsável pelo preparo.

Desvantagens da dieta BARF

  • Grande ameaça para a saúde humana, pois a carne crua pode possuir diversas bactérias, mesmo todos os processos de congelamento da carne não garante a alimentação das bactérias;
  • Risco de proporcionar ao cachorro uma dieta desequilibrada, principalmente se não houver conhecimento e orientação, e isso pode causar danos para a saúde do animal;
  • Riscos de engasgamento ou mesmo casos mais graves como perfuração intestinal, tudo isso por ingerir de forma errada os ossos;
  • Requer mais tempo e mais conhecimento do dono para proporcionar um processo de alimentação adequada;
  • Quando for deixar o cachorro na casa dos outros ou mesmo em hotéis para viajar pode ter uma maior dificuldade em adaptar essa alimentação.

Vantagens da ração

  • Extremamente prática e cômoda, você não vai gastar muito tempo pensando ou elaborando o que seu cachorro deve comer;
  • Fácil de conversar, e isso diminui o risco de bactérias ou de parasitas;
  • Fácil de transportar quando for viajar com seu cachorro ou quando ele for ficar em outro local;
  • Mais econômica;
  • Quantidade certa de nutrientes.

Desvantagens da ração

  • Não se sabe exatamente como é feito;
  • Presença de conservantes e outros produtos que podem prejudicar a saúde do cachorro;
  • Acidentes de contaminação com substâncias tóxicas;
  • Riscos de alergias;
  • Existência de marcas de má qualidade no mercado.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre cada uma pode ser mais fácil decidir o que é melhor para o seu cachorro na fase que ele se encontra.

E se você gostou do tema de hoje continue em nosso site e confira muito mais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.