in

Landseer

Este cão, cujo nome de origem é Landesser, é nativo da Alemanha e da Suíça. É uma derivação do Terra Nova, e deve o seu nome ao pintor E. Landseer, que o representou por volta de 1837. A raça é considerada uma variedade branca e negra(chamada landseer), para os americanos e britânicos, do Terra Nova. O Landseer quase desapareceu no início do século 20, tendo sido relançado por criadores alemães que incorporaram sangue de raças de cães de montanha (montanha dos Pirineus,por exemplo). Em 1960,a FCI reconheceu-a como raça distinta do Terra Nova. É um cão alto, poderoso e bem equilibrado. As pernas são comparativamente mais longas que as do Terra Nova preto, especialmente nos machos. Com alta necessidade de exercícios físicos e nível de atividade moderado,o animal precisa de uma área de criação grande. Seu pelo de cobertura– com exceção da cabeça – deve ser longo e tão reto e denso quanto possível, macio ao toque, com bom sub-pelo, mas não tanto quanto o do Terra Nova preto. Pelo ligeiramente ondulado no dorso e nos posteriores não é indesejável. Quando escovada de maneira errada, a pelagem deve retornar à posição correta naturalmente. Exige cuidados especiais, já que a escovação varia de diária a semanal. Trata-se de um animal alerta, grande apreciador de água,corajoso, afetuoso e manso. Por isso, é ótimo para guarda e companhia.

PORTE: grande

PESO: machos, de 59 kg a 68 kg; fêmeas, de 45 kg a 54 kg

TAMANHO: machos, de 72 cm a 80 cm; fêmeas, de 67 cm a 72 cm

LONGEVIDADE: de 9 a 11 anos

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Fila Brasileiro

Leonberger