in ,

Obesidade canina

Há diversas doenças que podem ser comuns entre nós e os cães, e entre elas está a obesidade! Afinal, os cães fazem cada vez mais parte da nossa família e isso pode fazer com que eles tenham alguns privilégios, como comer bons pratos e depois de desfrutar de uma cama gostosa para descansar.

A diferença é que nós somos responsáveis pela nossa obesidade, e os cães não são responsáveis pela deles! Fazendo com que a culpa da obesidade canina seja somente nossa.

E aquela imagem de um cachorro gordo, como sinal de saúde pertence ao passado! Há muitas consequências por trás da obesidade canina, além disso num cão gordo não é nada fofo, é um cão doente.

Muitas pessoas acreditam que comida é uma forma de demonstrar amor, ou não resistem a carinha que os cães fazem para receber alimento! Mas passou da hora de você deixar de pensar dessa forma, se você realmente ama o seu pet, a sua prioridade deve estar na sua saúde.

Você pode até achando que está fazendo um bem em nome do amor, mas a longo prazo o seu cãozinho pode viver menos anos do seu lado, justamente por essas atitudes.

Atualmente pelo menos um terço dos cães de estimação sofrem de obesidade, e isso afeta mais as fêmeas do que os machos, e mais umas raças do que outras.

Seja qual for o sexo do seu cachorro e a sua raça é muito importante estar atento com as questões da obesidade. Por isso confira o nosso artigo de hoje.

Como saber se o meu cachorro está gordo?

A obesidade nada mais é do que um acúmulo excessivo de gorduras do corpo! Ou seja, um excesso de peso!

Para sabermos que nosso cão está acima do peso devemos levar em consideração aspectos como a sua raça, e também a sua morfologia. O diagnóstico correto deve ser feito por um veterinário, que descobre apalpando certas partes do corpo do nosso pet!

Meu cachorro foi diagnostico como obeso, o que fazer?

Como colocamos no tópico anterior é muito importante que o seu pet seja diagnosticado por um veterinário, pois somente dessa forma você vai ter certeza que se trata de obesidade, e não de outra doença, por exemplo!30

O veterinário também vai ter todas as orientações necessárias para lidar com a situação! Uma das causas mais comuns da obesidade entre os cachorros é a superalimentação.

Nesse caso a primeira coisa que os donos devem fazer é retirar a comida humana, lembrando que ela nunca deve ser uma opção (exceto produtos naturais como frutas ou verduras) de resto é teimosia do dono.

Portanto se você dá comida ao seu pet a hora de parar é agora, só isso vai fazer com que ele diminua muitos quilos.

O veterinário vai refazer todo o plano alimentar do pet, podendo indicar uma ração especifica e também as melhores quantidades de cada coisa! Além disso é preciso equilibrar com a prática de atividades físicas, por exemplo.

Portanto, a hora é de rever a alimentação do pet, e colocar ele para fazer uns exercícios extras para perder esses quilinhos! Se você seguir todas as orientações corretamente em pouco tempo seu pet vai conseguir deixar de ser obeso.

Outros motivos para a obesidade

Não é muito raro que os cães cheguem a obesidade por outros motivos, além da alimentação. Um dos motivos que está presente em pelo menos 25% dos cães obesos é o hipotireoidismo!

Ou seja, os hormônios do cachorrinho começam a trabalhar mais devagar e isso pode fazer com que ele esteja comendo a mesma quantidade, mas o corpo não tem mais a mesma capacidade de digerir tudo aquilo, devido as deficiências hormonais.

Além disso os cães castrados mostram maior tendência em engordar, mas não é o ato em si que faz com que os cães engordem, pode ser muito mais pela ordem psíquica do cachorro, já que as injeções de hormônios em cachorros castrados não fazem com que eles ganham peso.

Temos também o caso de lesão do hipotálamo, nesse caso um tumor bem no centro da saciedade, fazendo com que o cachorro nunca se sinta satisfeito, assim aumenta seu consumo de alimento o que pode levar a obesidade. Mas esses casos são bem mais raros de acontecer.

Depois também a obesidade de origem psicológica, onde os pets podem aumentar seu peso devido a uma grande carga de estresse. O cão pode até se tornar bulímico, sabia? Isso acontece em ambientes incertos, onde possa haver muitas brigas, violências, e discussões. Isso pode nem ser diretamente para o cão, mas o afeta muito! Por isso procure proporcionar sempre um ambiente harmonioso para o seu cãozinho.

Consequência da obesidade em cães

  • Risco aumentado em cirurgias: Se o seu pet obeso precisar passar por um procedimento cirúrgico, é provável que ele vai precisar de uma dose maior de anestesia, e isso claro, faz com que os riscos aumentem;
  • Maior pressão sobre o órgãos: O cão obeso sente mais pressão em órgãos como o coração, pulmões, rins e articulações! Isso acontece porque todos os órgãos do cachorrinho precisam trabalhar em um ritmo mais acelerado;
  • Agravamento de doenças como artrite;
  • Desenvolvimento de problemas respiratórios, já que vão aguentar bem menos realizar passeios e exercícios;
  • Problemas de locomoção;
  • Problemas cardíacos.

E se você gostou do nosso tema de hoje continue em nossa página para conferir muito mais artigos!

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Cachorros

Iniciantes: saiba como preparar a casa para a chegada de um novo cachorro

5 Razões para não ter um cachorro