Home Cuidados Qual o cuidado para cães deficientes?

Qual o cuidado para cães deficientes?

152
0

Muitos donos se veem em uma situação de dor e também de impotência, tudo é muito novo, e por vezes eles nem sabem como começar a lidar com uma situação dessas.

A primeira coisa que você deve fazer é elaborar o seu luto, isso é, começar a aceitar e entender a situação do seu cachorro, com certeza nos primeiros dias você vai ficar muito triste, o que é natural.

Por isso viva o seu luto pelo acontecimento e coloque todos os sentimentos para fora, isso vai ser importante e muito saudável para que você continue cuidando do seu animalzinho.

Depois de finalmente começar entender o que aconteceu é hora de pesquisar as melhores formas de oferecer o melhor cuidado possível para melhorar o quanto for possível da qualidade de vida de cada um deles.

Por isso em nosso artigo de hoje você vai conhecer dicas imperdíveis para esse momento novo.

Preste atenção na higiene

É muito importante que a pele do animal se mantenha longe das fezes e também da urina, se o seu cachorro tem problemas com a locomoção está na hora de sempre ficar de olho, e comprar toalhinhas umedecidas para animais, isso vai facilitar a limpeza toda vez que ela for necessária.

Nunca utilize os lenços usados pelos bebês nos cachorros, porque isso pode causar uma série de alergias na pele do cachorro.

O banho também é um momento bem delicado, a nossa dica é que das primeiras vezes você leve o cãozinho em um lugar especializado, dessa forma as pessoas podem te ensinar o que você pode ou não fazer para garantir que o cachorro fique limpinho de uma forma segura.

Além disso é preciso ter muito cuidado quanto aos produtos utilizados, por isso o ideal é realmente procurar ajuda para não causar nenhum dano a pele.

Na hora de dormir

Quando a deficiência é física é muito importante prestar atenção se o cachorro não fica por muito tempo deitado de um lado só, isso não pode acontecer, senão o cachorro corre um sério risco de formar úlceras de pressão , por isso é muito importante sempre ir mudando o cachorro de lado.

Se caso a úlcera já se formou o ideal é contar com um atendimento veterinário especializado para te ajudar nesse momento da melhor forma.

Utilizar fraldas

Outra coisa que podem te ajudar bastante é começar colocar fraldas no seu amigo! Isso vai fazer com que eles fiquem tranquilos quanto a urina e quanto as fezes, protegendo também a sua pele de sujeira pela difícil locomoção.

Isso também vai facilitar pra você, que não vai precisar estar sempre limpando a casa! além disso a fralda adequada não vai irritar a pele do cachorro, mas para que isso não aconteça é muito importante a trocar a cada 4 horas! e sempre que possível deixe a pele do animal descansar um pouquinho sem a fralda.

Alimentação

Independente de qualquer coisa a alimentação do cachorro deve ser feita de uma forma equilibrada, mas para que isso aconteça você deve procurar um veterinário! Nesse caso qualquer coisa ‘’errada’’ na alimentação pode trazer uma série consequência para o cãozinho que já se encontra deficiente.

O veterinário pode oferecer uma dieta personalizada mediante a situação que o cachorrinho se encontra, além disso podem ser necessário o uso de suplementos de vitamina.

Esteja sempre atento na urina e nas fezes

É sempre importante verificar se o seu cachorro está urinando e defecando de forma correta, isso porque os animais que apresentam deficiência podem também ter dificuldade para realizar as suas atividades.

Caso a urina saia gotejando, ou as fezes não saírem o ideal é logo levar o cachorro no veterinário, isso pode ocasionar uma infecção ou mesmo uma obstrução, e nesse caso a complicação pode ser bem maior.

Por isso estar de olhos nesse detalhes se torna uma tarefa bem importante.

Cadeira de rodas

Quando o veterinário indica cadeira de rodas você deve acatar esse pedido, porque isso só vai trazer benefícios para o seu animal, e vai evitar que aconteçam mais complicações! Já que provavelmente toda a força muscular do seu cachorrinho foi perdida, dessa forma você ainda vai conseguir manter o seu bem estar mental.

Mas essa decisão deve sempre ser tomada pelo médico veterinário, combinado?

Faça massagem nos eu animal

Além de ser uma forma de carinho fazer massagem no seu animal pode ajudar a aumentar a circulação de sangue, ajudando a reduzir a dor, e também vai sempre manter o vínculo entre vocês.

Para fazer massagem da forma correta também é necessário uma orientação veterinária antes! Os recursos de hidroterapia também podem ser bem bacanas para pets nessas condições.

Passear

O animalzinho especial também merece um passeio, não acha? Por isso sempre que for possível leve ele para áreas com parque e muito verde para que ele respire novos ares e se sinta mais feliz!

Somente de cheirar o ambiente pode fazer um bom enorme para a sua saúde!

Com certeza cuidar de um cachorro nessas condições requer mais tempo e também mais paciência, mas o seu melhor amigo merece!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.