in ,

Viagem de carro com o cão

Que os cães são os nossos melhores amigos não é segredo para ninguém e justamente por esse carinho tão especial por vezes nos sentimos culpados de viajar sem a companhia desses animais.

Saiba que você não é o único a sentir – se assim, é completamente normal ter esses sentimentos quando vamos viajar! Por isso muitas pessoas optam por levarem os seus animais de estimação junto.

Mas é preciso de alguns cuidados, principalmente se o meio de transporte for o carro. E é sobre isso que você vai entender melhor em nosso artigo de hoje. Confira.

Bom, em primeiro lugar é preciso seguir as regras de trânsito, que snao feitas inclusive para a segurança do seu pet. A lei diz que animais de estimação não podem andar soltos no carro, isso apresenta um risco para quem dirige, e para o cãozinho, caso alguma coisa aconteça.

Por isso deixe o cachorro preso por um cinto de segurança próprio para cães (que podem ser encontrados em pet shops maiores) ou então utilize uma caixinha de transporte (se essa for sua opção familiarize o cão antes da viagem para que no dia ele não fique ansioso ou se recuse a entrar na caixa).

Mesmo o seu pet adorando dar um passeio de carro quando é por um longo período é diferente, e isso pode causar enjoo no seu animal, podendo fazer inclusive, que ele fique traumatizado e passe a evitar passeios do tipo.

Por isso veja com o veterinário algum remédio que você possa dar para evitar enjoos ou até mesmo para que o seu cão fique mais tranquilo na viagem!

E se o seu cachorrinho for novo e ainda não tiver muita experiência com o carro não é recomendo que essa viagem seja feita por agora. O animal deve se habituar as poucos, fazendo primeiramente trajetos curtos e com o tempo aumentando para que ele se sinta confortável e perceba que está em um local com movimento constante.

Depois que você perceber que o cachorrinho está tranquilo em andar de carro pode – se pensar em uma viagem mais longa.

Também deve haver muito cuidado com relação ao calor, os cães não podem ser deixados sozinhos ou até mesmo fechados no carro no dia que houver sol muito quente. Isso pode até mesmo causar a morte do animal, por isso todo cuidado e atenção é pouco.

Com raças como pugs e bulldogs esse cuidado deve ser redobrado (por conta do focinho).

Outra dica importante é que quando for viajar com seu cachorro se prepare para um tempo maior de viagem, pois as paradas são necessárias. Você deve fazer uma parada a cada duas horas, para que o cão possa dar uma voltinha e beber uma água.

Se a temperatura estiver muito quente durante as paradas molhe um pouco seu cão com uma toalhinha de água fria para ele ir se sentindo refrescado. O ar condicionado também pode ser uma boa opção para as viagens em dias de calor.

Antes de começar a viagem é importante que o animal tenha gasto sua energia, por isso faça um passeio e brinque um pouquinho com ele antes. Além disso, ele deve fazer suas necessidades antes de entrar no carro.

A entrada no carro deve ser feita de forma natural e descontraída, não pense em forçar seu cachorrinho a entrar, por exemplo. Além disso preste atenção na alimentação, não é recomendado começar a viajar logo após uma refeição do pet.

Com essas dicas sua viagem de carro e do seu cachorro vai ser muito mais segura e agradável!

Se você gostou do nosso artigo continue em nossa página e confira muito mais.

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Doenças comuns em cachorros domésticos

Viagem de avião com cães